Serviços

   

Tendo iniciado suas atividades em 1983, a ABREC- Associação Bauruense de Apoio e Assistência ao Renal Crônico tem por finalidade atuar como Agência de Desenvolvimento Local fomentando, estimulando, subsidiando, apoiando e protegendo os renais crônicos e transplantados renais, além de assessorar, planejar e executar atividades relativas às políticas públicas voltadas para o Apoio e Assistência aos beneficiários e seus familiares, complementando o desenvolvimento humano e comunitário, objetivando assegurar aos portadores de insuficiência renal, transplantados renais e seus familiares, acesso a benefícios e programas de transferência de renda; minimizar os impactos sociais gerados pela DRC com entrega de cestas básicas para garantir segurança alimentar; e garantir acesso às políticas públicas setoriais e do Sistema de Garantia de Direitos, contando com o apoio da rede de serviços públicos do município de Bauru para encaminhamentos desses usuários. Bauru possui atualmente quatro unidades de tratamento hemodialítico que atendem mais de 550 pacientes, além de transplantados.

A partir de 2012 firma parceria com a Prefeitura Municipal de Bauru executando serviços em conjunto com a Secretaria do Bem Estar Social – SEBES, firmados por meio de Termos de Colaboração, sendo eles:

- SERVIÇO DE PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, IDOSAS E SUAS FAMÍLIAS – SEID

- SERVIÇO DE PROTEÇÃO ESPECIAL PARA PESSOAS IDOSAS E SUAS FAMÍLIAS EM CENTRO DIA – CDI

- SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS PARA IDOSOS - SCFVI

O Serviço Social desempenha o acolhimento e a escuta do usuário, informa sobre os direitos e articula com os serviços de políticas públicas.

O Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com deficiência, Idosas e suas Famílias – SEID, realiza um trabalho articulado com o Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), com famílias em situação de vulnerabilidade social, que possuam dificuldades de realizar a função protetiva de seus membros, pessoas com deficiência e/ou idosos e estes podem estar em situação de risco pessoal e social. Desta forma o SEID, por meio de equipe técnica e de apoio, atua no domicílio e em ações coletivas na unidade de referência e espaços comunitários, com usuários, seus cuidadores e familiares, com vistas à superação de demandas apresentadas, tais como: violação de direitos, isolamento social e falta de cuidados essenciais à saúde. Observa-se que atualmente tem crescido a demanda de idosos que não possuem familiares, ou rede de apoio para o processo do envelhecimento e, nesses casos, o SEID imprescindível para os cuidados dessa parte da população.

O Serviço de Proteção Especial para Pessoas Idosas e suas Famílias em Centro Dia – CDI, integra a Proteção Social Especial de Média Complexidade no âmbito do SUAS. É um serviço que oferta atendimento especializado às  pessoas idosas, com 60 anos ou mais, cuja condição requeira o auxílio de pessoas ou de equipamentos especiais para a realização de atividades da vida diária, sem comprometimento cognitivo ou com alteração cognitiva controlada, com algum grau de dependência, prioritariamente em situação de risco pessoal e/ou social; debilitados em decorrência da idade e problemas de saúde, cujas famílias não tenham condições de prover os cuidados necessários durante todo o dia ou parte dele.

A prestação diurna do serviço,  com atuação de equipe técnica e de apoio, compreende ações direcionadas aos cuidados pessoais, fortalecimento de vínculos, promoção da autonomia e inclusão social, bem como a melhoria da qualidade de vida das pessoas participantes por meio de ações de acolhida, escuta, informação e orientação, sempre pautada no reconhecimento do potencial da família e do cuidador, na aceitação e valorização da diversidade e na redução da sobrecarga do cuidador, decorrente da prestação de cuidados diários prolongados.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo para Idosos – SCFVI, atende a população idosa no território do CRAS IX de Julho, sendo o maior público de usuários dos bairros Parque Jaraguá, Santa Edwiges, Jardim Petrópolis e Nova Esperança. Os usuários, em sua grande maioria, são pessoas que nasceram no bairro, possuem vínculos com toda a vizinhança, comércio local e vínculos religiosos. De forma geral, residem com familiares e são responsáveis pelos cuidados com os netos, outros moram sozinhos devido a divórcio e há ainda quem é apenas casado, mas não possui filhos por opção e hoje se sintam sozinhos. Grande parte dos usuários procuram o Serviço de Convivência para terem um tempo sozinhos, se dedicar ao que gostam de fazer, aprender coisas novas, conversar com amigos (as) antigos (as), combinarem programação religiosa, para distração e, assim, encontram um tempo longe dos problemas domésticos e cuidados dos filhos e netos.

 

MAPA DO SITE

Home
História da Entidade
Finalidade da Abrec
Diretoria
Serviços
Assistente Social

 

Psicóloga
Terapeuta Ocupacional
Eventos
Nossa Equipe
Galeria de fotos
Fale Conosco

CONTATO

ABREC - Associação Bauruense de Apoio e Assistência ao Renal Crônico
Rua Jorge Pimentel, 1-113 - Vila Engler - Bauru/SP
[email protected]
(14) 3204.6346 / (14) 9.9165-2765
ABREC - Associação Bauruense de Apoio e Assistência ao Renal Crônico | Todos direitos reservados.